Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Eid mubarakEid mubarak

Eid al Fitr significa, literalmente, "celebração do final do jejum", e acontece no primeiro dia do Shawwal, décimo mês do calendário islâmico. É uma das festas mais importantes do Islam, realizada após um mês de abstenção de todos os tipos de vícios e repleto de boas ações: o mês sagrado do Ramadan.

A cerimônia começa pela manhã com uma oração realizada na mesquita, que também pode acontecer em outros locais caso o espaço seja insuficiente. Para dar início, recita-se o Takbir, uma reza que louva a grandeza de Deus. Após a oração, os fiéis ouvem o sermão do Sheikh (khutba), e uma oração especial que pede perdão e ajuda a todos os muçulmanos do mundo.

Em países de maioria islâmica, a festa pode durar até três dias. Em alguns lugares é tradição que, após o período de orações, as pessoas se visitem e troquem presentes e a família almoce na casa do parente mais velho. A essência da festividade é que cada muçulmano congregue com sua família e a comunidade, exercitando a generosidade e o perdão.

Esporte tradicional do Irã, Zurkaneh chega ao Brasil

Para promover a cultura e o esporte iranianos, a Câmara de Comércio Brasil-Irã da Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) realizou, nesta terça-feira, dia 14, uma apresentação de Zurkhaneh, uma mistura de esporte, técnica de treinamento e ritual tradicional no território iraniano.

 

O artista Saeid Ahmadi e a presidente da Câmara Romana DovganyukO artista Saeid Ahmadi e a presidente da Câmara Romana Dovganyuk

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo com os praticantes do esprorte, o Zurkhaneh exige não apenas a força física do atleta, mas também a concentração espiritual. Os praticantes se exibem em grupos com movimentos rítmicos e levantamentos de peso.

A apresentação fez parte de uma série de iniciativas que visam estreitar os laços comerciais entre os dois países. Para o atleta Saeid Ahmadi, praticante do Zurkaneh, os brasileiros podem sim se identificar com o esporte.

“Queremos trazer esse esporte para o Brasil, porque ele tem ritmo. Isso é característico do brasileiro em diversas manifestações culturais e esportivas”, disse Saeid, que pratica o Zurkaneh há 12 anos.

A apresentação do Zurkaneh faz parte do projeto Esportes Sem Fronteiras, que visa a inclusão social e a melhoria do desempenho educacional das crianças e dos jovens do país.